BREVE HISTÓRIA DO TEATRO GINÁSTICO

A Escola Dramática da R. S. Clube Ginástico Português foi criada em 04 de abril de 1877, nove anos após a fundação do Clube, por proposta de Veridiano de Carvalho, para “diversões dramáticas”. A partir daí floresceu o corpo cênico, com seus amadores, que estiveram sempre presentes nos sauraus do Ginástico, atuando de forma regular e, mercê da excelência de suas atuações, alguns se transferiram para o teatro profissional.

O sucesso da Escola Dramática, através de sua longa e constante atividade, motivou e concorreu forte e decisivamente para que da nova sede a ser construída (a antiga, situada na rua Buenos Aires, ardeu em um grande incêndio em 19 de agosto de 1934), constasse um palco próprio para representações.

O projeto original contemplava um teatro de proporções regulares, para comédias, cinema, reuniões e conferências, tendo a capacidade para 1.000 lugares, ocupando o andar térreo, com entrada para as galerias sugestiva e confortável.

Surgia, então, um local encantador, bem delineado, com excelente conforto e construção sólida, uma das peças mais agradáveis do “ Palácio da Avenida Graça Aranha”: o Teatro Ginástico.

O Teatro não era apenas uma tradição do Ginástico: era uma alternativa oferecida às artes para atender ao crucial problema da falta de casas de espetáculo na Capital da República.
 

Em 4 de novembro de 1938 era inaugurado o Teatro Ginástico, com a apresentação da Companhia Brasileira de Comédias, dirigida pelo ator Delorges Caminha, com a peça “Iá Iá Boneca”, de Ernani Fornari.

Pelo Teatro Ginástico passaram incontáveis consagrados talentos da arte cênica, que fizeram rir e chorar, indo muitas vezes ao delírio pelas magníficas performances.

Destacamos, embora saibamos que nossa memória nos irá trair e que vamos deixar de citar atores e atrizes consagrados: Adolfo Celi, Aimée, Ary Fontoura, Bibi Ferreira, Cacilda Becker, Carvalhinho, Chico Buarque, Cláudia Raia, Cláudia jimenez, Diogo Vilela, Dercy Gonçalves, Dina Sfat, Dulcina de Moraes, Edwin Luisi, Elis Regina, Eva Wilma, Fernanda Montenegro, Fernando Torres, Grande Otelo, Henriette Morineau, Jardel Filho, Joracy Camargo, Maria Helena Dias, Marieta Severo, Maria Della Costa, Marília Pera, Mauro Mendonça, Milton Carneiro, Nathália Thimberg, Nicette Bruno, Oswaldo Loureiro, Paulo Autran, Paulo Gracindo, Paulo Goulart, Procópio Ferreira, Raul Roulien, Ruth de Souza, Suely Franco, Tônia Carrero, Vítor Berbara e tantos outros famosos artistas que protagonizaram peças memoráveis.
 


Principal  |  História do Clube  |  A palavra do Presidente  |  Diretoria e Conselhos  | 

Atividades Artísticas  |  Atividades Esportivas  |  Atividades Sociais  |  Sede Barra  |

 |  Ginasta  |  Teatro Ginástico  |  Proposta Admissão  |  Escreva-nos  |